5 de nov de 2009

Reunião de oração é invadida

4/11/2009 - 11h51

Reunião de oração é invadida; pastor e família são agredidos


ÍNDIA (22º) - Em Fukagirota, a 30 km de Kondagaon, Chhattisgarh, no distrito de Bastar, extremistas hindus invadiram o culto de domingo, 1° de novembro, acusaram o pastor de realizar conversões forçadas, o agrediram e jogaram seu filho no chão, ferindo gravemente sua orelha.

Akhilesh Edgar, um correspondente, relatou que por volta das 11h, um grupo de 100 extremistas hindus invadiu o culto da Milan Prarthana Mandir, agrediu o pastor, sua esposa e mais dez membros.

A polícia chegou ao local por volta das 13h e levou o pastor para a delegacia. Ele foi enviando para o hospital de Kundagaon, onde recebeu tratamento. Seu estado é crítico e o de seu filho, Akush Raj está com problemas de audição em seu ouvido esquerdo.

Líderes cristãos locais irão registrar queixa na polícia contra os extremistas.

* O número ao lado do país indica a sua posição na classificação de países
por perseguição.

Nenhum comentário: